terça-feira, 10 de dezembro de 2013

CakePops - Embaixadores - Desconto + portes grátis



Hoje trago-vos uma novidade!

Já conhecem o portal Embaixadores? É um portal onde respondemos a inquéritos e nos habilitamos a poder experimentar em primeira mão alguns produtos.

Desta vez a campanha para a qual fui seleccionada tem por objetivo dar a conhecer o mais recente livro sobre Cake Pops da autoria da blogger Bakerella (de seu nome Angie Dudley).

No livro poderão encontrar as receitas bases para a elaboração dos Cake Pops e depois todos os truques e dicas para criar as mais diversas formas.
Contém ainda dicas, truques e receitas para mais de 40 projetos, assim como instruções simples e passo a passo, fotografias dos projetos e as melhores ideias de decoração para que qualquer pessoa consiga realizar facilmente estas receitas em casa.

Brevemente trarei-vos as minhas primeiras experiências.

Nesta campanha vocês também podem vir a ganhar, isto porquê? Porque tenho códigos para distribuir a quem quiser adquirir este livro com desconto!!

O funcionamento dos códigos é o seguinte:

  • Devem ser utilizados na loja online da Editorial Presença;
  • Quem o utilizar beneficiará de um desconto de 10% na compra do livro e portes de envio gratuitos
    Para além disto, se quiser, terá 34% de desconto no livro Sonhos Doces, na compra conjunta dos dois (os dois livros ficam por 24,99€).
Alguma dúvida??

Se quiseres beneficiar deste código só terão de me deixar o vosso email aqui nos comentários ou então enviar um email para clarasemneveblogue@gmail.com ou então podem ainda deixar mensagem privada pelo facebook. Em troca só vos peço que respondam a um pequeno questionário.

Parece-vos bem?? Não é uma boa ideia para prenda de Natal??

Fico à espera dos vossos emails para enviar os códigos!

P.S. Se estiverem interessados também posso enviar convites para integrarem o portal Embaixadores!

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Fatias Douradas - Blog Mais Doce de Portugal




Olá a todos!

Hoje trago-vos a primeira receita de Natal que fiz este ano e que utilizarei para participar num passatempo da RAR Açúcar, onde estão a procurar o "Blog Mais Doce de Portugal"!

Eu escolhi uma receita de Natal tradicional, mas resolvi fazer uma pequena inovação. Cá em casa toda a gente adorou, por isso espero que também gostem.

Receita
Ingredientes:

  • 5 fatias de Pão (pode ser pão de forma ou não, mas deve ter mais do que um dia)
  • 2 ovos
  • 500 ml de leite
  • 1 pacote de preparado para pudim flan
  • Canela q.b.
  • Açúcar branco granulado RAR q.b.
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • 2 raspas de limão
  • óleo q.b. para fritar
  1. Colocar o leite a aquecer com as raspas de limão e com a essência de baunilha e deixar ferver; Retirar as raspas de limão;
  2. De seguida juntar o preparado em pó do pudim flan e manter ao lume até engrossar, depois reserve.
  3. Utilizar 2 pratos de sopa para preparar o processo em cadeira: num dos pratos colocar os 2 ovos batidos, como se fosse uma omelete; no outro prato colocar o pudim já preparado;
  4. Passar as fatias de pão primeiro pelo pudim e depois pelos ovos batidos e colocar a fritar em óleo bem quente;
  5. Ir virando o pão de forma a ficar dourado de ambos os lados;
  6. Depois de retirar do óleo deixar escorrer numa travessa com papel absorvente.
  7. Por fim, passar por canela e açúcar RAR e deliciar-se!
Que vos parece??

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Bolachinhas de Canela e Limão




O frio parece que veio para ficar e as tardes à lareira, por cá, já foram inauguradas! E o apetece quando estamos à lareira?? Quanto a vocês não sei, mas a mim dá-me vontade de comer bolachas caseiras!! É verdade!!
Comprei uns cortadores novos e decidi pôr mãos à obra. Esta receita foi uma adaptação de uma que já tinha publicado há mais tempo, mas desta vez, e pela primeira vez, experimentei usar farinha de milho amarelo juntamente com a farinha de trigo normal para bolos.

Posso dizer-vos que as bolachinhas ficaram estaladiças, mas sem ser por estarem demasiado cozidas. Não sei explicar muito bem, mas posso-vos dizer que ficaram melhores comparativamente com as que faço só com farinha de trigo.

A receita é bem simples, por isso vamos lá!

Receita
Ingredientes:

  • 75 gr de Farinha de trigo
  • 150 gr de farinha de milho amarelo
  • 75 gr de açúcar
  • 50 gr de manteiga
  • raspa e sumo de 1/2 limão
  • 1 colher de chá de canela
  • 2 gemas
  1. Bater, com a ajuda de uma colher de pau, as gemas com o açúcar e a raspa de limão até obter um creme fofo;
  2. De seguida juntar a canela e pouco a pouco a farinha branca até a massa ficar consistente o suficiente para poder começar a amassar com as mãos;
  3. Deitar o sumo de limão e continuar a amassar;
  4. Adicionar a farinha de milho e a margarina derretida de modo a que consiga formar uma bola de massa.
  5. Quando obter uma bola grande massa deverá deixar a massa repousar uns 15 a 30 minutos.
  6. Depois é só estender e fazer as bolachas.
  7. Devem ir ao forno, pré-aquecido a 150ºC, cerca de 15 minutos.
Por fim, quando estiverem frias poderá acompanhar com um chá e desfrutar do lume da sua lareira ou caso não tenha do seu aquecedor!!

Que vos parece a receita?? Bem simples, não acham?

Mantenham-se atentos ao blogue e ao facebook, porque em breve vão haver novidades que vos irão interessar!

domingo, 10 de novembro de 2013

Broas de frutos secos



O Outono chegou e veio para ficar!! As folhas já começaram a cair das árvores, colorindo o chão com os seus tons castanho-alaranjado.

É sempre por esta altura que aqui em casa se fazem broas utilizando os frutos secos tão típicos desta época do ano.

Esta receita é uma receita antiga, de família que foi passando de geração em geração!

Receita
Ingredientes:

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 300 gr de açúcar
  • 1 pacote de canela (100 gr)
  • 1 colher de sopa de erva-doce
  • 1 saqueta individual de café solúvel 
  • 300 ml de azeite
  • 100 gr de margarina
  • raspa e um limão
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • sal q.b.
  • nozes, amêndoas, pinhões, passa de uva q.b.
  • 250 ml de água
  1. Coloca-se o azeite com sal a aquecer, depois escalda-se a farinha, previamente colocada num recipiente. De seguida junta-se a margarina derretida e amassa-se bem;
  2. Após se amassar bem juntam-se os restantes ingredientes  ao recipiente e vai-se misturando tudo e aos poucos adiciona-se a água morna;
  3. Deixa-se a massa repousar cerca de 30 minutos, tapando o recipiente com um pano;
  4. Depois é só moldar as broas com a forma que desejar;
  5. Devem ir ao forno a 150º, cerca de 20 minutos.
  6. No fim de cozidas poderá envolver as broas em açúcar e canela.
E em vossas casas também se fazem broas??

domingo, 13 de outubro de 2013

Crepes (II)




Depois de um tempo sem publicar nada, hoje resolvi trazer-vos uma receita muito simples, aliás das receitas mais simples que há - Crepes!

Os crepes são aquela receita que tanto dá para um pequeno almoço, como para um lanche, podendo eles ser doces ou salgados! Enfim, têm quase mil e uma utilizações!

Para esta receita inspirei-me numa do livro "A dieta simples" da nutricionista Iara Rodrigues (podem encontrá-lo aqui).

Este livro para além de receitas saudáveis tem ainda algumas dicas importantes para quem quer levar uma vida saudável.

Eu fiz algumas alterações à receita, mas só ao nível do tipo de ingredientes (por exemplo: em vez de leite magro usei leite meio-gordo porque era o que tinha cá em casa, etc).

Cá fica então a receita!

Receita
Ingredientes

  • 1 copo de leite magro (usei meio-gordo)
  • 1/2 Chávena de chá de farinha de trigo 
  • 1 colher de sobremesa de adoçante (usei açúcar branco)
  • 1 ovo
  • raspa de 1 laranja
  • margarina para untar
  1. Juntar todos os ingredientes e batê-los com a batedeira;
  2. Levar ao frigorífico durante 30 a 60 minutos (eu saltei este passo e fiz logo os crepes);
  3. Untar a frigideira com a margarina e colocar pequenas porções de massa de modo a fazer os crepes finos (posso vos dar um truque que costumo utilizar que é medir a quantidade de massa com uma colher de gelado - aquelas que usamos para moldar bolas de gelado. Assim, têm a certeza que a quantidade de massa que colocam é aproximadamente igual!);
  4. Depois devem voltar os crepes, de modo a ficarem dourados dos dois lados;
  5. Por fim é só deliciarem-se!
Podem usar vários recheios. Eu, por exemplo, gosto de polvilhar com açúcar e canela; ou então utilizar chocolate de culinária derretido. Depois consoante os gostos podem ainda colocar compotas ou marmelada! Enfim, há inúmeras combinações que podem utilizar.

Informações adicionais: 
- tempo de preparação: 10 a 60 (caso coloque no frigorífico) minutos
- dificuldade: * Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal : Leite
- Porções: 10 crepes

Que vos parece?? Bem fácil e rápido :)


quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Pizza de Atum e Salsicha




Para variar um pouco hoje trago uma receita salgada - uma Pizza!
Como sabem há pizzas com os mais variados ingredientes, depende do gosto de cada uma. Para além disso, as pizzas permitem-nos aproveitar algumas sobras de ingredientes. Ora, foi esse o propósito com que fiz esta pizza, o de aproveitar algumas sobras que tinha.

Informações adicionais: 
- tempo de preparação: 30 minutos
- dificuldade: * Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal : Atum e Salsichas
- Porções: 4 fatias
- Almoço, Lanche ou Jantar
- Receita Salgada


Receita
Ingredientes:

  • 1 base de pizza ( comprei uma base de pizza fresca no Pingo Doce)
  • 1 tomate pequeno maduro
  • Polpa de tomate q.b.
  • 1 cebola pequena
  • Atum q.b.
  • Cebola q.b.
  • Salsichas q.b.
  • Cenoura q.b.
  • Queijo q.b.
  • Milho doce q.b.
  • Chourição q.b. 
  1. Colocar a base da pizza numa tarteira e picá-la com um garfo; Levar ao forno, pré-aquecido a 150º, durante 10 minutos;
  2. Cortar o tomate em pequenos pedaços e colocá-los num tacho; depois juntar a cebola partida também em pedaços e a polpa de tomate, deve ainda acrescentar um pouco de azeite. Depois deixar refogar, de modo a obter um creme mais consistente;
  3. (Passo opcional) Relativamente ao atum, desfiá-lo numa frigideira e juntar cebola às rodelas, juntar um pouco de azeite e refogar durante 2 a 3 minutos;
  4. Depois de retirar a base da pizza do forno deverá começar por verter o preparado do tomate, de seguida colocar o queijo, e depois juntar os diferentes ingredientes (Neste caso só metade da pizza levou queijo);
  5. Uma das metades da pizza: base barrada com o creme de tomate, depois levou o atum, a cenoura ralada, chourição cortado em pedaços e o milho.
  6. A outra metade levou o creme de tomate, o queijo, as salsichas cortadas em pedaços, o chourição também cortados em pedaços, a cenoura ralada e o milho .
  7. No fim de já ter todos os ingredientes é levar novamente ao forno, cerca de 10 minutos.
Por fim basta deliciar-se!!

Cá em casa toda a gente gosta bastante desta pizza porque é muito leve. Não sei se notaram, mas durante a receita nunca falei em colocar sal, não é um erro, a intenção é mesmo essa - não colocar sal. Apenas quando refogam a cebola e o tomate podem adicionar um pouco, só para evitar que a cebola fique doce. 

Que vos pareceu esta pizza? Provariam? 

sábado, 24 de agosto de 2013

Mousse de Ananás com leite evaporado





Hoje trago-vos mais uma receita, que é também ela, à semelhança da anterior, uma estreia.
Esta receita foi a minha amiga Filipa que me deu e me aconselhou, dizia ela que a mousse ficava muito cremosa. E não é que ela tinha mesmo razão?!
Ao contrário de outras mousses, que normalmente levam natas ou leite condensado e por isso são mais calóricas, esta não, visto que o leite evaporado não tem açúcar. É este leite evaporado que dá uma textura leve e cremosa à mousse.

A receita é muito simples e rápida de fazer, também achei que foi bastante rápida a solidificar.
Como já disse anterior mente, esta receita foi uma estreia porque nunca tinha usado o leite evaporado.

Informações adicionais: 
- tempo de preparação: 15-20 minutos
- dificuldade: * Fácil
- vegetariano: Não
- para crianças: Sim
- ingrediente principal : Ananás e Leite Evaporado
- Porções: dá bastante quantidade, pelo que devem usar um recipiente grande ( 15 a 20 porções)

Receita
Ingredientes:
  • 1 lata de leite evaporado (410 gr)
  • 1 saqueta de gelatina de ananás
  • 1 lata de ananás em calda
  • 250 ml de Calda do ananás
  • 50 ml de água
  1. O leite evaporado deve ser colocado no frio umas horas antes de ser utilizado (na embalagem aconselhavam 5 horas antes); Eu coloquei esse tempo no frigorífico e cerca de 30 minutos antes de começar a fazer o doce coloquei no congelador. O objectivo é que o leite evaporado "cresça", à semelhança do processo que se faz com o bater das natas;
  2. Colocar 150 ml da calda do ananás juntamente com 50 ml de água até ferver, para fazer a gelatina (os 50 ml de água fui eu que adicionei, não fazia parte da receita; como estava com receio que ficasse demasiado doce acrescentei, mas não é um passo obrigatório);
  3.  Quando a calda+água ferverem deve-se dissolver a gelatina e depois acrescentar os restantes 100 ml da calda fria; Deve-se deixar arrefecer um pouco antes de juntar ao leite evaporado;
  4. Agora é a altura de cortar o ananás em pedaços; Deve-se reservar;
  5. Enquanto a gelatina arrefece um pouco, deve-se bater com a batedeira eléctrica o leite evaporado, até ficar bem consistente;
  6. De seguida, junta-se a gelatina e deve-se envolver com uma colher e NÃO com a batedeira eléctrica;
  7. Por fim, junta-se os pedaços do ananás e envolve-se cuidadosamente;
  8. Guardar no frio até solidificar e depois servir  fresco.
Que vos pareceu a receita? Já usaram alguma vez leite evaporado?

Obrigada Filipa :)

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Tarte de Côco



Hoje trago-vos a receita de uma tarte, receita esta que marca a minha estreia a utilizar leite de côco! É verdade... nunca tinha usado e decidi experimentar.
Esta receita faz parte de uns fascículos que, há uns anos, costumavam sair numa revista semanal. O fascículo chama-se "O melhor da cozinha portuguesa" e é o número 54.
Desta vez segui a receita "à risca", pois era a primeira vez que estava a experimentar!
Ao contrário do que pensei, a tarte não fica muito doce, antes pelo contrário fica bem fresca, sendo uma óptima sobremesa de Verão (pensava que o leite de côco era adocicado, mas aquele que comprei não era).

Receita
Ingredientes:

Para a massa:

  • 300 gr de farinha
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 100 ml de leite
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
Para o recheio
  • 70 gr de Côco ralado
  • 400 ml de leite de côco (corresponde a uma lata - pelo menos a que comprei tinha esta quantidade)
  • 400 ml de leite de vaca ( deve corresponder à mesma quantidade da lata do leite de côco)
  • 3 gotas de baunilha
  • 2,5 colheres de sopa de farinha maisena
  • 180 gr de açúcar
  1. Para a massa deve-se juntar todos os ingredientes e misturar bem; Deixa-se repousar, pelo menos uma hora;
  2. Passado esse tempo estica-se a massa e forra-se uma tarteira previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha;
  3. Deve-se picar com um garfo o fundo da tarteira; Deve-se ainda pôr por cima da base da tarte  papel vegetal, cobrir com leguminosas e levar ao forno, pré-aquecido a 150º, cerca de 10 minutos.
  4. Para o recheio deve-se colocar o leite de côco com o outro leite ao lume até ferver, depois deve-se misturar o côco ralado e envolver bem;
  5. À parte junta-se a maisena com o açúcar; de seguida, verte-se esta mistura para o recipiente do leite e leva-se ao lume por mais 3 minutos;
  6. Depois adiciona-se a baunilha;
  7. Colocar a mistura já na massa previamente cozida e leva-se ao forno à mesma temperatura, cerca de 55 minutos ( coloquei apenas 30 porque já estava a começar a queimar);
  8. Por fim, deixar arrefecer umas horas e servir frio.
Considerações sobre a receita:
  • Habitualmente não cozo as bases das tartes antes de preencher com o recheio; Neste caso a receita dizia que a base devia cozer previamente e foi o que fiz, só que não correu totalmente bem, visto que a massa cresceu demasiado, o que fez com que ficasse com menos recheio do que seria de esperar.Por isso para a próxima vou cozer tudo ao mesmo tempo;
  • Depois indicavam que deveria estar no forno 55 minutos, pareceu-me um pouco demais e então só deixei 30 minutos, porque tanto a massa da base (nas partes alterais) como o topo da tarte já estavam a começar a queimar;
  • Por fim, deve deixar a tarte arrefecer umas boas horas, aconselho fazerem no dia anterior a servir, caso contrário vai acontecer o mesmo que me aconteceu, ou seja, a tarte ainda não estava totalmente solidificada quando tirei a fotografia e já tinham passado cerca de 3 horas com ela no frigorífico. No dia seguinte estava perfeita!

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Bolo-Tarte de Pêssego





Os mais atentos às bancas de fruta já devem ter reparado que os pêssegos são uma das principais frutas da estação. Sejam eles vermelhos ou mais alaranjados, com pêlo na casca ou sem ele, a verdade é que eles estão por aí a colorir os nossos dias.
Eu que gosto tanto de pêssegos, pus-me a pensar que este ano ainda não tinha feito nenhuma receita com eles.
Deitei mãos à obra e cá está mais uma receita! Fresca, leve e saborosa :)

Receita
Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 1 iogurte de aroma de pêssego (120 gr)
  • (usando a embalagem do iogurte) 1 1/2 de açúcar
  • (usando a embalagem do iogurte) 2 de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 2 pêssegos
  • 10 gr de margarina
  • 1 colher de sopa de açúcar
  1. Separar as claras dos ovos das gemas;
  2. Bater as claras em castelo e reservar;
  3. Bater as gemas com a batedeiras até ficarem mais fofas;
  4. De seguida juntar o açúcar e bater até obter um creme esbranquiçado e fofo;
  5. Depois envolver o iogurte no preparado anterior;
  6. Após adicionar o iogurte deverá juntar aos poucos a farinha com o fermento e as claras batidas em castelo, envolvendo cuidadosamente para criar algum ar;
  7. Por fim, adicionar um pêssego cortado aos pedaços.
  8. Colocar numa forma de tarte, previamente untada com margarina e polvilhada com farinha.
  9. Decidi ainda colocar umas fatias de pêssego por cima do preparado.Para isso cortei um pêssego em fatias e depois coloquei numa frigideira (que continha as 10 gr de margarina com 1 colher de sopa de açúcar) para caramelizar um pouco. Deve deixar o pêssego cerca de 3 a 4 minutos.
  10. Depois é só colocar estes pedaços de pêssego por cima do preparado.
  11. Agora pode levar ao forno, previamente aquecido a 150º, cerca de 30 minutos.
O bolo fica muito fofo e os pedaços de pêssego, sem dúvida, que lhe dão uma textura e um sabor diferente!

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Novidades 24Kitchen.PT - Parceria

Olá a todos!

Para quem segue o blogue no facebook já sabe a novidade mais recente do blogue. O blogue Claras em Neve faz agora parte da comunidade de blogues do com o canal 24Kitchen Portugal.

Para quem não conhece, o canal 24Kitchen.PT é
um canal em que a comida é o “prato principal” – de onde vem, como se prepara e como pode tornar a nossa vida melhor, mais longa e mais rica. 24Kitchen é uma fonte de entretenimento, bem como de informação, em que estão sempre presentes bons alimentos e a melhor programação gastronómica local e internacional.
É distribuído pela FOX International Channels (FIC) Portugal, empresa multimédia subsidiária da News Corporation Company, e está disponível nos operadores: Cabovisão, MEO, Optimus Clix e Vodafone Casa TV.

Para o mês de Agosto, o canal preparou algumas estreias! Estes programas estão relacionados com a culinária do mundo, mostrando assim a diversidade da gastronomia a nível mundial apresentando as receitas que melhor se adequam à estação, à personalidade e gosto de cada um, à cultura e à tradição.

As estreias são:

  • ‘HAIRY BIKERS EVERYDAY GOURMET’, sexta-feira, dia 09 de agosto, às 21h15, no 24Kitchen

Este um novo programa traz-nos a dupla de motards Si King e Dave Myers. ‘The Hairy Bikers Everyday Gourmets’ é um programa que mostra aos espectadores como preparar os mais deliciosos e impressionantes pratos sem acabar com as suas poupanças. Pratos gourmet e autênticas iguarias de fazer água na boca com apenas alguns tostões são a promessa desta simpática dupla de foodies. Nesta nova série, os Hairy Bikers agarram o nosso desejo de nos mimar-nos ao ensinar como cozinhar pratos gourmets com um baixo orçamento trazendo, ao mesmo tempo, um luxo acessível aos nossos bolsos e à nossa maneira caseira de cozinhar. No menu podemos encontrar maravilhosos festins familiares, deliciosos jantares e luxuosos almoços. Mas, o mais importante é que o que os Bikers cozinham são verdadeiros regalos.
Emissão: Sextas-feiras, às 21h15


  • ‘OS MELHORES BOLOS E DOCES’, quinta-feira, dia 15 de agosto, às 21h40, no 24Kitchen

‘Os Melhores Bolos e Doces’ é um programa com um formato um pouco diferente do que o canal tem vindo a apresentar e trata-se de um concurso que tem como objetivo encontrar as melhores pastelarias de Inglaterra. Chefs e pasteleiros são desafiados a prepararem e apresentarem as suas especialidades que podem ir desde um simples pão, a bolos elaborados, bagels, entre todas as outras ofertas do mundo da pastelaria.


Emissão: Quintas-feiras, às 21h40
  • ‘Jamie Cooks Summer’, quinta-feira, dia 22 de agosto, às 12h40



Neste refrescante programa de Jamie Oliver que nos vai ajudar a escolher as melhores e mais adequadas receitas para a estação mais quente do ano, seja para um festival, acampamento ou simples churrasco no jardim. Juntamente com o cozinheiro mais famosos do mundo, os espectadores vão poder “cozinhar o verão” e impressionar família e amigos com os pratos mais frescos, saudáveis e coloridos.

‘Jamie Cooks Summer’ celebra o regresso às raízes com verdadeiras receitas à Huckleberry Finn – quer seja cozinhar carne no espeto à fogueira, fumar o seu próprio peixe num balde antigo ou fazer um bolo no jardim com os seus filhos sem precisar de um forno. Desde um frango especial a hambúrgueres de borrego à marroquina, truta estaladiça no espeto ou dosa à indiana, a deliciosa receita de panquecas de arroz e feijão da índia, e muito, muito mais…

Emissão: Quintas-feiras, às 12h40

Não percam já na próxima sexta-feira, dia 9 de Agosto, pelas 21h15m a estreia da
 primeira das três novidades!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Delícia de Verão



Após alguma falta de tempo, voltei à cozinha! E para recomeçar nada melhor do que um doce bem fresco e colorido para alegrar os dias quentes de Verão!
É uma receita muito simples, colorida e deliciosa!

Receita
Ingredientes:

  • 1 gelatina de Laranja
  • 1 gelatina de Tutti-Fruti
  • 1 gelatina de Ananás
  • 1 lata de leite condensado
  • 1,5 L de água
  1. Fazer a gelatina de laranja segundo as instruções da embalagem (normalmente leva 250 ml de água quente e 250 ml de água fria) e colocar num recipiente rectangular (por exemplo uma caixa);
  2. Fazer a gelatina de tutti-fruti, tal como a anterior, e colocar também num recipiente rectangular;
  3. Levá-las ao frigorífico até solidificarem.
  4. Após as gelatinas anteriores terem solidificado, pode-se avançar para o resto da receita;
  5. Fazer a gelatina de ananás, tal como as anteriores, mas colocá-la num recipiente grande (uma taça);
  6. Depois de fazer a gelatina de ananás, deverá juntar-lhe aos poucos o leite condensado, mexendo sempre com a vara de arames. Deixe arrefecer um pouco à temperatura ambiente (Atenção: o objectivo Não É solidificar);
  7. Depois quando o preparado anterior já estiver mais frio, deverá juntar as gelatinas já solidificadas e previamente cortadas em pequenos cubos (daí a melhor opção ser deixá-las solidificar num recipiente rectangular);
  8. Depois é levar ao frio e servir quando estiver solidificado.
O sabor das gelatinas é completamente opcional, no entanto, é sempre aconselhável que a gelatina que se mistura com o leite condensado seja de ananás. Isto porque, como é uma cor mais clara, possibilitará um maior contraste com as gelatinas que serão apresentadas em cubos.

É uma receita simples e até barata! Eu cá adoro :)

sábado, 29 de junho de 2013

Marquise de Chocolate com Pão de Ló





Hoje trago-vos uma receita um pouco calórica e que deve ser comida bem fresquinha. Há dias estava a ver um episódio da 3ª temporada do MasterChef Austrália e eles estavam a ensinar este doce e eu fiquei logo a "babar"! Tinha um aspecto óptimo, então decidi experimentar. É um pouco demorada, mas o resultado final compensa!
Houve uma parte da receita que não fiz, que foi um xarope de açúcar com ameixas, primeiro porque não tinha ameixas e depois achei que já era demasiado açúcar!
Podem ver a receita original aqui.

Receita

Pão-de-ló de Chocolate

  • 6 ovos (separar as claras das gemas)
  • 1 chávena de açúcar branco
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1/2 Chávena de Farinha
  • 3/4 de chávena de Amido de Milho (Farinha Maizena)
  • 1/4 de chávena de Cacau em Pó
Nota: 1 chávena = 100 gr

Mousse de Chocolate
  • 200 gr de Chocolate negro
  • 250 gr de açúcar branco (usei apenas 100gr)
  • 240 gr de gemas (usei 3 gemas)
  • 100 gr de mel (usei 2 colheres de sopa)
  • 450 ml (usei 1 pacote de natas -200 ml)
  • 150 gr de Cacau em pó
  • 270 gr de margarina amolecida (usei apenas 50gr)
Para o Pão de Ló
  1. Bater as claras coma batedeira e adicionar uma colher de açúcar quando começar a ficar com espuma, depois vá batendo e adicionando açúcar até adicionar 1/2 chávena. O restante açúcar será para as gemas.
    Deve bater as claras até elas ficarem brilhantes e a fazer "picos".
  2. De seguida bater as gemas com a batedeira, depois adicionar as colheres de mel e bater mais um pouco e por fim juntar o resto do açúcar e continuar a bater até obter um creme esbranquiçado e fofo;
  3. Numa taça juntar os ingredientes seco, nomeadamente 1/2 chávena de farinha, 3/4 de amido de milho e 1/4 de chávena de cacau em pó: deve peneirar estes ingredientes de modo a evitar grumos; Depois juntar estes ingredientes ao preparado das gemas e envolver cuidadosamente, mexendo em volta da taça para criar algum ar.
  4. De seguida juntar as claras ao preparado anterior e incorporar cuidadosamente.
  5. Depois é colocar num tabuleiro para ir ao forno. Eu coloquei apenas num tabuleiro rectangular, mas no programa eles colocaram em 3 tabuleiros, o que fez com que o pão-de-ló deles ficasse mais fino que o meu. Ir cerca de 5 a 10 minutos ao forno, a 150º.
Para a mousse de chocolate
  1. Juntar o chocolate, as gemas, o açúcar e o mel e colocar tudo em banho-maria até o chocolate derreter.
  2. Bater a margarina amolecida com a batedeira até ficar em creme e depois juntar o cacau em pó;
  3. De seguida juntar o chocolate já derretido a esta mistura e envolver cuidadosamente, de modo a derreter a margarina que ainda assim não esteja. 
  4. Por fim bater as natas em castelo ( devem ser colocadas cerca de 30 minutos antes no congelador) e envolver com a mistura obtida no ponto 3.
Para a montagem do bolo deve-se cortar tiras do pão-de-ló para intercalar com a mousse. Eu utilizei uma forma rectangular, tipo bolo inglês, forrada com película aderente para facilitar o desenformar.
Coloquei primeiramente uma camada de mousse, depois uma de bolo, depois novamente mousse, bolo e mousse. Podem colocar quantas camadas quiserem, dependendo do tamanho da forma. O segredo é que tanto a primeira camada como a última sejam de mousse.
Deve ir umas horas ao frigorífico para a mousse solidificar. Depois é desenformar e cortar às fatias!

Que vos parece??

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Crumble de Maçã e Maracujá - 3ª Edição do Projeto "A escolha do ingrediente"



A receita que vos trago hoje é para participar num passatempo a " A Escolha do Ingrediente - 3ª edição", este projecto foi criado pelo blogue Tertúlia da Susy, e tem como objectivo todos os meses ter um ingrediente diferente para se confecionar e um anfitrião,o qual escolhe o ingrediente do mês e recebe as participações dos participantes desse mês.O anfitrião deste mês é o blogue Entre Tachos e Sabores 
O ingrediente deste mês é o Maracujá e eu escolhi fazer uma receita bem simples : um crumble de Maçã e Maracujá.

Receita
Ingredientes:
  • 3 maracujás
  • 2 maçãs médias
  • 50 gr de açúcar mascavado
  • 100 gr de farinha
  • 50 gr de margarina
  • 20 gr de aveia
  • canela q.b.
  1. Para fazer o crumble deverá misturar todos os ingrediente secos, nomeadamente o açúcar, a farinha, a aveia e a canela;
  2. Depois deverá derreter a margarina e de seguida juntá-la aos ingredientes secos;
  3. Deverá envolver tudo bem, com a ajuda das mãos, de modo a ficar com um aspecto de areia;
  4. Quando às maçãs deverá cortá-las em pedaços; aos maracujás deverá retirar a polpa.
  5. Deverá colocar em pequenas taças, que possam ir ao forno, ou então numa taça maior e deverá seguir a ordem: camada de pedaços de maçã, polpa de maracujá, pedaços de maçã e mais polpa de maracujá. Depois cubra com o crumble.
  6. Deverá ir ao forno, a 150º, cerca de 25 minutos ou até o crumble ficar dourado.
Esta quantidade deu para 5 taças de crumble. Deve-se comer frio.

Foi a primeira vez que experimentei a combinação maçã - maracujá e gostei muito, porque a maçã é doce e o maracujá ligeiramente ácido, o que confere um sabor ideal para o Verão!

Espero que gostem!

Vocês gostam de maracujá?

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Muffins com pepitas de chocolate




Hoje trago-vos mais uma receita. Desta feita uma receita de Muffins que, para quem não sabe, são uns bolos pequenos, tipo queque, que podem ser doces ou salgados. São típicos da cozinha norte americana. Os que fiz foram doces, visto que usei pepitas de chocolate!!

Receita
Ingredientes

  • 2 ovos
  • 125 gr de açúcar amarelo
  • 200 gr de farinha
  • 15 a 20 gr de margarina
  • 10 colheres de sopa de leite
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • chocolate culinária q.b. ou pepitas de chocolate
  1. Bater os ovos com o açúcar amarelo até obter uma massa fofa;
  2. Depois juntar a farinha, o fermento e a margarina e ir batendo até incorporar tudo;
  3. De seguida, juntar as colheres de sopa de leite e envolver cuidadosamente;
  4. Por fim juntar as pepitas de chocolate ou então chocolate cortado aos pedaços pequenos, caso não tenha pepitas.
  5. Untar as formas com um pouco de margarina derretida, polvilhar com farinha e preencher com a massa.
  6. Ir ao forno cerca de 20  a 25 minutos, a 150º.
Estas quantidades deram para 8 muffins, mas claro que isso também vai depender o tamanho das formas.

Até à próxima receita!!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Mini Tartes de Laranja



Finalmente consigo voltar a publicar uma receita! Já a fiz há algum tempo, mas ultimamente não tenho tido tempo para poder fazer o post, mas cá fica!
Espero que gostem!

Esta receita foi, de certo modo, para aproveitar o que me tinha sobrado da última receita, o Soufflé de Limão.

Ora bem, para as bases das mini tartes utilizei a receita normal que costumo utilizar para as bases das tartes, mas apenas utilizei metade das quantidades. O creme foi muito parecido ao que usei para o Soufflé, só que utilizei laranja em vez de limão e não utilizei claras em castelo.

Receita 

Ingredientes:

- Base:
  • 175g de Farinha
  • 30g de açúcar
  • raspa de 1 limão
  • 1 gema de ovo
  •  25g de Margarina derretida
  • 1 colher de chá de fermento
  • água q.b. (não constava na receita original, eu é que utilizei para compensar a diminuição da margarina)
- Creme:
  • 2 ovos
  • 1 Laranja
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • 3 colheres de chá de Amido de Milho ( farinha maizena)
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 90 ml de Natas
  • 110 ml de leite
- Base - Execução
  1. Bater o açúcar com a gema e a raspa do limão;
  2. Depois ir deitando a farinha com o fermento e a margarina derretida;
  3. Depois quando já não conseguir bater, comece a amassar com as mãos!
  4. Se vir que a massa não está a ligar, vá deitando água a pouco  e pouco até conseguir que ela ligue;
  5. No fim de amassar, forme uma bola e deixar repousar 30 minutos.

- Creme - Execução
  1. Separar as gemas das claras;
  2. Num tacho juntar as natas e o leite. Depois incorporar a farinha e a maizena a frio. Levar ao lume e mexer bem;
  3. Bater numa taça as duas gemas com o açúcar;
  4. Juntar a raspa e o sumo da laranja ao leite; Depois juntar a gemada e mexer sempre bem; Cozinhar lentamente em lume brando;
  5. Quando o creme engrossar deve-se retirar o lume e arrefecer;
Depois é necessário forrar as formas com a massa e preenchê-las com o creme. Deve ir ao forno, cerca de 15 a 20 minutos ou até verem que a massa nas bordas já está bem cozida. Servir fresco!

Que vos parece??

domingo, 5 de maio de 2013

Soufflé de Limão




Hoje trago-vos uma receita que já queria experimentar há algum tempo e que tinha visto no programa Ingrediente Secreto (vídeo aqui).
Aproveitei hoje que é o dia da Mãe para ter esta sobremesa especial para o almoço!
O soufflé é um doce muito leve e deve ser comido rapidamente depois de ser retirado do forno. Aqui em casa não fizemos isso porque eles estavam de facto muito quentes!!

Receita
Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 1 Limão
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • 3 colheres de chá de Amido de Milho ( farinha maizena)
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 90 ml de Natas
  • 110 ml de leite
  1. Separar as gemas das claras. Reservar 2 gemas;
  2. Num tacho juntar as natas e o leite. Depois incorporar a farinha e a maizena a frio. Levar ao lume e mexer bem;
  3. Bater numa taça as duas gemas com o açúcar;
  4. Juntar a raspa e o sumo de um limão ao leite; Depois juntar a gemada e mexer sempre bem; Cozinhar lentamente em lume brando;
  5. Quando o creme engrossar deve-se retirar o lume e deixar arrefecer;
  6. Agora deve bater as claras em castelo e incorporar metade no preparado do creme. Depois deve incorporar a 2ª metade de forma lenta para criar ar.
  7. Depois é colocar nos ramequins, previamente pincelados com margarina e polvilhados com açúcar. Levar ao forno por 10 a 15 minutos em forno pré-aquecido a 190º. 
Já alguma vez experimentaram?? Que vos pareceu??

Resto de um óptimo Domingo!

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Profiteroles



Já há algum tempo que queria experimentar esta receita. Há umas semanas fiz pela primeira vez, mas não correu bem, os profiteroles abateram um pouco.
Desta vez fiz outra receita, sem leite, e correu melhor. Não sei se foi por essa razão ou não, mas a verdade é que já ficaram com o aspecto que deveriam ficar.
A receita que fiz foi inspirada neste vídeo http://www.youtube.com/watch?v=TGxOvexfmss , que podem sempre consultar caso tenham dúvidas na consistência da massa.
O procedimento é bastante fácil  e suja pouca loiça!

Receita
Ingredientes:

  • 150 gr de farinha para bolos
  • 2 colheres de sopa de açúcar ( colheres rasas) (aproximadamente 15gr)
  • 4 ovos
  • 250 ml de água
  • 1 pitada de sal
  • 50 - 70 gr de margarina (eles aconselhavam 100 gr, mas penso que não é necessário essa quantidade)
  1. Colocar a água ao lume, com o açúcar e o sal até estes dissolverem;
  2. Adicionar a margarina e deixar derreter;
  3. Quando a margarina estiver derretida deve-se juntar a farinha toda de uma vez e mexer muito bem até a massa se despegar do tacho e formar uma bola;
  4. Podem deixar arrefecer um pouco a massa,para que quando juntarem os ovos eles não cozerem;
  5. Depois devem juntar os ovos, um a um e ligeiramente batidos (como se fossem fazer uma omelete). Nesta etapa utilizei uma batedeira eléctrica, porque a massa fica pesada e depois começa a doer o braço!
  6. Depois devem colocar pequenas porções de massa num tabuleiro, previamente untado e levar ao forno.
  7. O forno deve estar pré-aquecido a 180º. Os profiteroles no meu forno demoraram cerca de 25 a 30 minutos até estarem prontos.
O meu erro na primeira tentativa foi esta etapa do forno. Tive medo que ficassem queimados e retirei-os do forno antes de tempo.
Só os devem retirar do forno quando eles estiverem castanhos, tal como os da imagem, caso os retirem antes eles vão abater e ficar tipo panqueca.

Depois podem rechear a gosto. Eu neste caso fiz chantilly, para isso bati um pacote de natas de 200 ml (que antes esteve 30 minutos no congelador) com 4 colheres de sopa de açúcar em pó e uma colher de café de extracto de baunilha. Depois ficou no frigorífico 30 minutos e ficou pronto para rechear os profiteroles já frios.
Por cima coloquei um pouco de chocolate derretido.


terça-feira, 23 de abril de 2013

Sugestões para aproveitar o Dia Mundial do Livro




Como hoje é o dia mundial do Livro deixo-vos aqui algumas sugestões bem docinhas para aproveitarem a mega campanha!

Para quem quer saber algumas curiosidades e histórias desconhecidas sobre os mais diferentes pratos sugiro o livro "Os mistérios do Abade de Priscos" do autor Fortunato da Câmara.

Sabiam que a lasanha, a «mãe» das paste alla italiana, nasceu numa cozinha grega? Que os famosos scones do elegante chá das cinco parecem ter tido uma origem rudimentar por terras da Escócia? A famosa sobremesa Tiramisu quer dizer literalmente «anima-te» e a sua paternidade é disputada em Itália?
P.V.P. 19.00 € 
Para quem é fã de um dos mais famosos robots de cozinha sugiro o livro "Velocidade Colher" da autora Susana Gomes.
P.V.P. 15,50€
Para os fãs de Gordon Ramsay sugiro este livro, o Cozinha sem Limites, onde poderão encontrar mais de 120 receitas modernas, simples e acessíveis.
P.V.P. 24,90€
Estas e outras sugestões poderão ser encontradas na Wook!

http://www.wook.pt?a_aid=50ef105b2a24a
Aproveitem!

Campanha Dia Mundial do Livro

Hoje é o Dia Mundial do Livro e dos direitos de Autor!
Este dia surgiu na Catalunha, Espanha, apesar de nessa altura ser celebrado noutro dia. Contudo, anos mais tarde, estabeleceu-se então o dia 23 de Abril.
Comemora-se desde 1996, por decisão da UNESCO.

A escolha deste dia é uma escolha simbólica, visto que muitos escritores importantes como Cervantes e Shakespeare morreram neste dia.
Curiosidade: Em alguns países do mundo, neste dia oferece-se uma rosa a quem comprar um livro!

Vamos lá aproveitar esta mega campanha!

Sigam o link -> http://www.wook.pt?a_aid=50ef105b2a24a

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Bolachas Rústicas de Chocolate




Como sabem eu costumo fazer bolachas de vez em quando, até já apresentei algumas receitas aqui. Desta vez resolvi experimentar uma receita que encontrei no livro "A Arte das Bolachas" do Círculo de Leitores, livro esse que ganhei num passatempo :)

A receita original chama-se Bolachas de Chocolate e Manteiga, mas como não usei a manteiga toda que eles disseram decidir dar outro nome à receita. Para quem tiver o livro poderá ver a receita na página 83.

Esta também foi a primeira vez que utilizei açúcar amarelo numa receita e gostei do resultado, apesar de não saber como estas bolachas ficariam com o açúcar branco, pois esta foi a minha estreia.

A receita é muito simples e eu tentei torná-la um pouco mais saudável diminuindo algumas quantidades que me pareceram um pouco exageradas. Como habitualmente faço quando experimento uma receita nova e não a sigo "à risca" vou deixar entre ( ) a informação das quantidades aconselhadas no livro.

Receita
Ingredientes

  • 390 g de Farinha
  • 1 1/44 de colher de chá de fermento em pó
  • 1 pitada de sal fino (1/2 colher de chá de sal)
  • 125 gr de chocolate amargo/chocolate de culinária
  • 40-50 gr de margarina (125 gr de manteiga sem sal)
  • 350 gr de Açúcar amarelo (440 gr de açúcar amarelo)
  • 2 ovos
  • 1 colher de café de essência de baunilha (1 colher de sopa de essência de baunilha + 1 vagem para retirar as sementes)
  • Açúcar em pó q.b. (60 gr de Açúcar em pó)
  1. Derreter a margarina em banho-maria e quando estiver líquida juntar o chocolate para que ele também derreta. Deve mexer para que o chocolate não queime. No fim de derretido deve reservar para que arrefeça um pouco;
  2. Numa taça bater os ovos com o açúcar amarelo e com a essência de baunilha até obter um creme fofo;
  3. Depois adicionar o chocolate derretido e bater bem;
  4. Por fim juntar a farinha previamente misturada com o sal e com o fermento em pó. No início desta etapa poderá ainda utilizar a colher de pau para misturar tudo, mas à medida que se vai juntando farinha deve-se começar a amassar com as mãos até formar uma bola.
  5. Repousar um pode. Eles aconselham colocar no frigorífico pelo menos 30 minutos. Mas eu não concordo, só coloquei 10 minutos e a massa já estava a começar a secar. Por isso deixem à temperatura ambiente ou coloquem o menos tempo possível no frio.
  6. Depois é amassar e fazer as bolachas da forma que mais gostarem, depois antes de colocarem no tabuleiro passem pelo açúcar em pó para obter o efeito que podem ver nas bolachas (parece que tem gretas!);
  7. Deve ir ao forno a 150 ºC cerca de 15 minutos.
  8. A quantidade de bolachas dependerá do tamanho das mesmas e da espessura. Na receita eles dizem que dá para aproximadamente 45. No meu caso deu para uma caixa bem cheia!!
Conselho: A quem não gostar de coisas doces eu aconselho ainda a diminuir a quantidade de açúcar amarelo, porque o açúcar em pó ainda vai acrescentar mais doce. Para a próxima farei isso.

Espero que gostem! Que vos parece??

sábado, 6 de abril de 2013

Ninho de Páscoa / Pascoela




É verdade que a Páscoa já foi a semana passada, mas esta semana ainda é Pascoela! Por isso trago-vos a receita do ninho da Páscoa que se comeu por cá. É uma receita muito simples, que foge um pouco aos ninhos da Páscoa que se costumam encontrar, que são integramente feitos com chocolate. Este foi feito com ajuda da minha mãe, ou melhor ela fez e eu ajudei :)

Receita
Ingredientes:
  • 4 ovos 
  • 2 chávenas de açúcar
  • 2 1/2 chávenas de farinha
  • 1/2 chávena de água
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 chávena de cacau em pó
  • margarina q.b. para barrar a forma
  • cacau em pó q.b. para a forma
* Chávenas de chá

Para o glacê
  • 2 claras
  • 3 colheres de chá de açúcar em pó

  • Para o bolo: Untar a forma com margarina e depois polvilhar com cacau em pó. Reservar;
  • Separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo e reservar;
  • Bater as gemas com o açúcar até obter um creme fofo esbranquiçado, depois adicionar o cacau em pó;
  • De seguida ir juntando aos poucos a farinha intercalando com as claras e envolver bem;
  • Por fim juntar a água e mexer bem.
  • Ir ao forno cerca de 30  a 40 minutos, a 150ºC. Usei uma forma com buraco no meio para dar a ideia de ninho. 
  • Para o Glacê: Bater as claras em castelo, utilizando a batedeira, e ir juntando a pouco e pouco o açúcar em pó. Podem juntar as 3 colheres ou um pouco mais, têm de ter atenção que o glacê deve ficar bem consistente.

Espero que a vossa Páscoa tenha sido boa e que tenham comido muitos doces!!
Que vos pareceu este? Gostaram??



terça-feira, 19 de março de 2013

Bolo de Ananás - Aniversário






 Olá a todos!!

No final desta semana que passou houve dois aniversários cá em casa. Um deles foi o da minha mãe e eu fiz o bolo de aniversário. É um bolo que gostamos muito, mas que já há algum tempo que não fazíamos, leva ananás e há quem o chame de Bolo de Ananás invertido.

Segue a receita!

Receita 

Ingredientes:

  • 1 lata de ananás em calda (às rodelas) [reservar 2 rodelas para cortar em pedaços]
  • 200 gr de Açúcar
  • 300 gr de Farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 5 ovos
  • caramelo líquido q.b. para a forma
  • 2 colheres de sopa da calda do ananás
  • raspa de 1 limão
  1. Separar as gemas das claras;
  2. Bater as claras em castelo e reservar;
  3. Bater bem as gemas com o açúcar e com a raspa de limão até obter um creme fofo;
  4. Ir juntando a farinha com o fermento intercalando com as claras batidas em castelo ( juntar um pouco de farinha e depois um pouco das claras em castelo);
  5. Depois cortar duas das rodelas em pedaços e juntar ao preparado do bolo;
  6. Por fim juntar duas colheres de sopa da calda do ananás e bater mais um pouco.
  7. Colocar o caramelo líquido para barrar a forma, depois colocar as rodelas do ananás no fundo da forma e outras de lado. A quantidade de ananás dependerá do tamanho da forma, no meu caso coloquei 4 rodelas no fundo e três de lado.
  8. Ir ao forno pré-aquecido a 150º, cerca de 40 minutos.
Como utilizei uma forma sem buraco, o bolo no centro demorou um pouco mais a cozer que o normal, por isso tenham mais atenção quando ele estiver no forno. Outro aspecto relativo ao bolo, como a massa não cobriu na totalidade as rodelas que estavam de lado, depois de desenformado o bolo abateu um pouco no centro, mas estava bom na mesma!

Gostaram da receita? Já alguma vez experimentaram este bolo? 

quarta-feira, 6 de março de 2013

Prémio Liebster


Venho dar-vos a conhecer um prémio que recebi da querida Manuela Teixeira, do blogue Sabores com Tempo!
Este é o primeiro selo que recebo e fiquei muito feliz por se terem lembrado de mim!



O Prémio Liebster destina-se a blogues com menos de 200 seguidores e pretende premiar a amabilidade, gentiliza, beleza, simpatia do blogue (e do blogger) bem como dar-lhe as boas vindas.

As regras são as seguintes:
- Listar 11 factos sobre nós;
- Responder às perguntas que nos atribuíram;
- Nomear 11 blogs com menos de 200 seguidores (colocar o link dos respectivos blogs neste post e avisá-los sobre o selo);
- Fazer 11 novas perguntas a esses bloggers.


11 Coisas sobre mim
  1. Nasci em 1988 e sou do signo sagitário;
  2. Sou licenciada em Radiologia;
  3. Adoro Chocolate ;
  4. Adoro Gomas;
  5. Gosto de fazer bolos e sobremesas;
  6. Adoro "rapar" os restos que ficam nas latas de leite condensado;
  7. Gosto muito de ler, principalmente romances históricos;
  8. Sou fã da comida típica portuguesa, sendo o Cozido à Portuguesa um dos meus pratos favoritos;
  9. Todos os dias tenho de comer alguma coisa com chocolate (seja um quadrado de chocolate, uma bolacha, um bombom,etc);
  10. Gosto muito da cidade de Lisboa, que foi onde estudei;
  11. Este ano lectivo (2012/2013) comecei a fazer um mestrado.


As perguntas da Manuela:
1. Quais as receitas que gosta mais de fazer/criar; entradas, pratos principais ou sobremesas? Vendo pelo meu blogue facilmente percebem que o que mais gosto de fazer são mesmo sobremesas, seja sobremesas de colher, sejam bolos.
2. Qual o/a chef que mais admira? Gosto muito de ver o programa Ingrediente Secreto, porque acho a maneira de cozinhar do Chef Sá Pessoa muito simples, prática e fácil de compreender , por isso ele é um dos meus Chefs preferidos.
3. Na sua opinião o que falta para se divulgar mais e melhor a nossa gastronomia? Por acaso acho que nos últimos anos se tem investido bastante nesta área e a televisão portuguesa tem contribuído muito para dar a conhecer a gastronomia portuguesa.
4. Nas suas viagens qual o prato que mais a/o marcou/surpreendeu? Nunca viajei para fora, por isso não tenho nenhuma experiência marcante.
5. Receita da mãe/avó de que tem mais saudades? Como vivo com os meus pais não posso dizer que tenho saudades da comida da minha mãe, mas um dos doces que mais gosto que ela faça é  arroz doce! Sou fã!!
6. Quando começou a paixão pela culinária? Desde pequena, talvez 10/11 anos, me lembro de ajudar a minha mãe a fazer bolos, principalmente ao fim-de-semana para depois levar durante a semana para a escola. Depois com o tempo fui começando a fazer sozinha.
7. O ingrediente que gosta mais? Esta é fácil! CHOCOLATE!
8. O ingrediente que gosta menos? Não sou muito fã de coentros...
9. O prato que lhe estão sempre a pedir para fazer? Tarte de Chocolate
10. Uma dependência culinária. Chocolate
11. Um ódio culinário. Neste momento o meu ódio culinário são os suspiros, porque ainda não consegui que ficassem exactamente como quero, apesar de já ter tentado várias vezes.... mas estou a chegar lá :)

Os Blogues a quem ofereço este selo são...
  1. Cravo e Canela - Uma Cozinha no Brasil
  2. Simples e Saboroso
  3. Lady ao Fogão
  4. Dois Punhados
  5. À Volta dos Tachos
  6. Prazeres Saudáveis
  7. .
  8. .
  9. .
  10. .
  11. .
Sinceramente não sei quem seleccionar mais pois não queria estar a repetir blogues já seleccionados. Quem gostar de responder está à vontade.
Depois deixem o link do post que fizerem para ir espreitar!

Se tiverem mais alguma curiosidade sobre mim podem deixar aqui a vossa pergunta!!

domingo, 3 de março de 2013

Bolos Amassados / Ferraduras




Boa Tarde a todos!!

Depois de uma semana de gripe trago-vos mais uma receita ainda na onda das comidas tradicionais.
A minha receita foi inspirada nesta e chama-se Bolos Amassados. Estes bolos são característicos da zona de Campo Maior no distrito de Portalegre e costumavam ser oferecidos pelos noivos aos convidados que iam ao seu casamento.

Apesar de estes serem da região do Alentejo, também na minha região - o Ribatejo, existem bolos parecidos com estes, mas com um nome diferente que também eram oferecidos pelos noivos aos convidados.

Estes bolos são secos e são ideais para comer acompanhado por um café ou por um chá.

Se consultarem a receita original vão verificar que fiz algumas alterações, não só nas quantidades, mas também adicionei alguns ingredientes.

Receitas
Ingredientes:

  • 350 gr de Açúcar
  • 250 ml de Leite
  • 1 kg de Farinha
  • 4 ovos + 1 ovo (para pincelar os bolos)
  • 60 gr de margarina
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de sal fino
  • raspa de um limão
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  1. Colocar num alguidar a farinha, o açúcar, o sal, a canela em pó, o bicarbonato, a raspa de limão, a margarina derretida e os ovos e amassar bem;
  2. Depois ir juntando aos poucos o leite e continuar a amassar;
  3. Depois de bem amassado tender a massa e formar ferradura;
  4. Colocar num tabuleiro previamente untado e pincelar os bolos com um ovo batido;
  5. Ir ao forno, pré-aquecido a 150º, cerca de 40 minutos
Por fim acompanhar com um chá ou com um café!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Nuvens de Côco e Chocolate



Hoje trago uma nova receita super doce, macia e delicada!!

Há uns tempos ganhei num passatempo o livro "A arte das bolachas" de Shelly Kaldunski (Círculo de Leitores) e decidi experimentar pela primeira vez uma receita de lá (para quem tem o livro página 92)!

Como já viram pelo nome a receita tem côco e chocolate, que são dois óptimos ingredientes!! Bem doces por sinal!

Não segui a receita tal como estava, adaptei não só os ingredientes usados como também as quantidades, visto que foi a primeira vez que a fiz. O que está entre os [ ] são as quantidades da receita original.

Receita
Ingredientes:

  • 2 claras de ovo [3 claras de ovo]
  • 8 colheres de sopa de açúcar (rasas, não cheias) [185 gr]
  • 8 colheres de sopa de côco ralado (rasas, não cheias) [150 gr]
  • 1/2 colher de chá de essência de baunilha
  • [1/4 de colher de chá de cremor de tártaro] - não usei
  • uma pitada de sal
  • papel vegetal
  • margarina q.b. para untar o papel vegetal
  • chocolate de culinária q.b.
  1. Forrar um tabuleiro com papel vegetal e pincelar com margarina derretida;
  2. [Misturar as claras com o cremor de tártaro] e bater com a batedeira eléctrica até ficarem em espuma];
  3. Bater as claras em castelo com o sal e ir adicionando aos poucos o açúcar,batendo com a batedeira eléctrica até formar picos;
  4. Adicione a essência de baunilha e o côco ralado, envolvendo suavemente;
  5. Colocar no tabuleiro pequenas porções.
  6. O forno deve estar pré-aquecido a 150ºC. No meu caso foram precisos apenas 15 minutos para estarem bons, apesar da receita dizer 20. Têm de ter atenção ao vosso forno, pois deve-se apagar o mesmo assim que os bolinhos comecem a ficar dourados. O objectivo é que fiquem muito pouco dourados, senão a clara fica tipo suspiro e o efeito do bolo desaparece.
  7. Depois de arrefecer podem passar as bases por chocolate de culinária derretido em banho-maria.
Esta receita deu para cerca de 10, mas claro que isso depende do tamanho com que os fazem!

Têm uma textura muito leve, fazem lembrar as antigas bombocas, pois desfazem-se na boca. Para quem não quer muito doce aconselho a diminuir um pouco o açúcar. Pessoalmente achei um pouco doce, para a próxima diminuirei o açúcar!

Fico à espera das vossas opiniões!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Beringela recheada com Alheira



Depois de uma pequena sondagem que realizei no facebook, a perguntar qual a próxima receita que gostariam de aqui no blogue, sugeriram-me uma receita com um prato típico que Portugal, que as pessoas quisessem provar quando visitassem o nosso país!

O que eu escolhi foi uma receita salgada, onde incluo a alheira. Para quem não sabe a alheira é um enchido típico de Portugal, característico da zona norte do país, nomeadamente de Trás-os-Montes. A mais famosa é a alheira de Mirandela, que foi considerada uma das 7 maravilhas da gastronomia portuguesa.

Actualmente, e visto que a culinária está sempre a evoluir já existem vários tipos de alheira com os mais variados ingredientes, desde a alheira tradicional, à alheira vegetariana e até a alheira de bacalhau.
A receita tradicional tem por ingredientes base a carne de aves, pão, azeite, banha de porco e colorau.

Reza a tradição que este enchido terá sido criado pelos cristãos-novos e como o judaísmo não permite o consumo de carne de porco, eles utilizavam carnes alternativas, como é o caso do perú ou da galinha.

Pode ser comida de várias formas: cozida, grelhada ou até frita. Os acompanhamentos podem ser os mais variados.

Hoje é possível verificar que a alheira foi incorporada noutros pratos, podendo comer-se de diferentes formas, para além das tradicionais.

Depois escolhi a beringela pois é um legume cheio de aspectos positivos! É muito baixa em calorias e tem inúmeros benefícios para a saúde, visto que tem vários minerais cálcio, fósforo, ferro, potássio e magnésio, tem ainda proteínas e vitaminas A, B1, B2, B5 e C.

Receita
Ingredientes:

  • 1 alheira de carne
  • 1 cebola
  • 1 beringela
  • 2 tomates maduros
  • 1 cenoura
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
  • arroz q.b.
  1. Cozer um punhado de arroz ( dependerá da quantidade de beringelas que cozinhar) em água e sal. No fim de cozido reserve.
  2. Continuar separarando a beringela em duas metades e depois retirar a sua polpa, para isso pode dar pequenos cortes com a faca e depois retirar com uma colher;
  3. Deverá colocar as beringelas já sem a polpa num prato que possa ir ao forno, regá-las com um pouco de azeite e sal fino e levar ao forno a 150º C, cerca de 15 minutos;
  4. Entretanto deverá colocar a cebola às rodelas numa frigideira com um pouco de azeite e deixar alourar um pouco, depois juntar o tomate cortado em pedaços juntamente com a cenoura ralada e a polpa da beringela em pedaços. Deixar refogar;
  5. Retirar a pele da alheira e separá-la em pequenos pedaços; juntar ao preparado que está na frigideira e deixar refogar;
  6. Por fim juntar o arroz cozido e envolver; Deixar estar ao lume por mais 2-3 minutos;
  7. Depois é rechear as beringelas com este preparado e levar ao forno por mais 5 minutos para dourar um pouco. Nesta fase, quem gostar, pode juntar um pouco de queijo por cima e deixar gratinar.
  8. O acompanhamento é livre, neste caso optei por uma salada de alface!
Espero que gostem e fico à espera das vossas opiniões!!

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Suspiros com recheio de Curd de Limão



Durante a passada semana informei no facebook que tinha feito Curd de Limão e aproveitei para o aplicar na receita que vos trago hoje.
Como também fiz as bolachinhas para a vencedora do passatempo do 1º aniversário sobraram claras e como tal nada melhor que tentar fazer suspiros.
Já tentei muitas vezes fazer, mas nem sempre correm bem. Desta vez acho que ficaram apresentáveis e por isso vos trouxe a receita, que é muito simples!

Receita
Ingredientes:

  • 2 claras de ovo
  • 10 colheres de sopa de açúcar branco
  • papel manteiga para forrar o tabuleiro


  1. Bater as claras em castelo, com  batedeira eléctrica, e quando começarem a ficar espumosas começar a deitar o açúcar aos poucos;
  2. Bater sempre até as claras ficam brilhantes e espessas ( verificar se fazem picos). Quanto mais espessa estiver melhor!
  3. Depois colocar no tabuleiro um pouco do merengue, de seguida uma colher de curd e por fim cobrir com mais merengue.
  4. Ir ao forno, pré-aquecido, a 150º durante 30-40 minutos.
Uma das coisas que mais estranheza me faz quando procuro receitas de suspiros é o tempo que é recomendado estarem no forno. Eu gosto deles um pouco húmidos, em vez de estarem completamente secos, por isso coloco entre 30 a 40 minutos.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Bolo Mármore






A receita de hoje é uma receita tradicional que certamente muitos de vós já provaram alguma vez!
É a receita do bolo mármore, bolo de origem alemã (em alemão chama-se Marmorkuchen), que apresenta uma mistura de cores, uma mais clara e outra mais escura.

Esta receita foi inventada e foi a primeira vez que a testei... talvez da próxima vez precise de uns ajustes!

É bem fácil e rápido de fazer!

Receita
Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 125 gr de Açúcar
  • 200 gr de Farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó ( pode-se usar Cacau em pó, que penso que dará uma sabor melhor e mais intenso, mas como só tinha o chocolate desta vez foi assim!)
  • Raspa de limão q.b.
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • margarina q.b. (para untar a forma)

Podem fazer as duas massas sempre em separado ou então fazem como eu fiz: fiz a massa toda junta só no fim dividi e adicionei o que fazia parte de cada uma.

  1. Separar as gemas das claras;
  2. Bater as claras em castelo e reservar;
  3. Bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado;
  4. Depois juntar a farinha e o fermento, intercalando com as claras batidas em castelo;
  5. Chega então a altura de dividir a massa por duas taças: numa delas adiciona-se a raspa do limão e a essência de baunilha; na outra adiciona-se o chocolate em pó.
  6. Depois é só verter para uma forma, usei forma de bolo inglês, e tentar colocar por camadas ou então, se conseguir, deitar as duas em simultâneo.
  7. Vai ao forno, previamente aquecido, a 150º, cerca de 30 minutos!

Como dá para ver é um bolo muito simples de fazer e muito fácil de comer!!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Wook - Promoções e Descontos até 40%

Olá a todos! Hoje trago-vos um post um pouco diferente do habitual, pois não trago nenhuma receita.

Venho apenas dar a conhecer aos mais distraídos as promoções mais recentes da WOOK, na área da Gastronomia. Foco principalmente alguns livros de dieta, porque os excessos do Natal ainda se podem fazer sentir e ainda alguns livros que falam da alimentação nas crianças!
Alguns autores já têm mais que uma publicação, basta clicarem no nome dos que estão assinalados para verem as outras obras.
Existem muitos outros livros em promoção, basta passarem pelo site e poderão comprovar!
Espero que gostem e aproveitem ;)


A Dieta Ideal de Michael Hamm, Friedrich Bohlma
PVP: 22€ -> Agora com 40% de desconto = 13.20€


A Dieta Ideal inclui:
- Relatos e dicas de oito pessoas que testaram e ajudaram a desenvolver esta dieta.
- Princípios alimentares fundamentais explicados com todo o cuidado, para que não haja dúvidas.
- A Grande Tabela Ideal dos Alimentos, o melhor mapa alimentar que alguma vez encontrará.
- Receitas verdes, amarelas e encarnadas, ou como emagrecer segundo a lógica do semáforo.
- Um completo programa de exercícios de trazer por casa para pôr os quilos a andar.


O que comer e o que cozinhar
PVP: 24.99€ -> Agora com 30% de desconto = 17.49€


Sinopse
Com este livro, comer pode continuar a ser um dos melhores prazeres da vida, assim como a parte mais importante do seu tratamento para a Diabetes.

Do período pré-natal aos 5 anos


PVP: 19.00€ -> Agora com 40% de desconto = 11.40€


Sinopse
De um modo prático, completo e pensado para os pais de hoje, este livro acompanha o processo da alimentação infantil desde o início da gravidez até aos cinco anos de idade e responde às dúvidas sobre educação alimentar que assaltam a maioria dos pais.


Atenção: Estes preços são os indicados nos site da WOOK à data desta publicação, não se responsabilizando o blogue por qualquer alterações de preço.

NOTA: Descontos até 40%: Válidos até 15 de Fevereiro de 2013.